23.4.08

Louco, louco, louco!


A foto está uma merda? Está.

Quem a tirou não tem o mínimo jeito para a coisa? É discutível.

Mas o certo é que esta é a prova como o grande Nick Cave esteve a dois palmos e qualquer coisa dos meus olhos. Sim, aquele senhor lá ao fundo com uma guitarra na mão é mesmo o Nick Cave. Não parece, mas é. Posso garantir.

O concerto foi louco, louco e mais um bocadinho para além de louco.

Foi poderoso, poderoso e mais um bocadinho para além de poderoso.

Foi cativante, cativante e mais um bocadinho para além de cativante.

Foi delirante, delirante e mais um bocadinho para além de delirante.

Transmitiu energia, energia, muita energia.

Tirando o encore, que não foi grande coisa. Mas o resto compensou para lá de bastante.

Em resumo, soube a pouco.

Apetecia-me ter ficado lá mais duas horas. Apesar das dores nos pés e de ter transpirado como um animal.

3 comentários:

amp disse...

pedro, o teu blogue é melhor do que uma agência noticiosa. que rapidez! deves estar inspirado pela aceleração do concerto do senhor cave - foi poderoso, foi. embora curto - sinto que o nick nos roubou 40 minutos de concerto. e é imperdoável não ter tocado the mercy seat, the weeping song, from her to eternity, death is not the end... ok, e não acho justo ele ter-te entusiasmado com os acordes de into my arms e depois nicles. mas foi tão bom enquanto durou...

EU disse...

Foi um concerto Fantastico!!
A teatrilidade dele é simplesmente Divinal!!
e as tuas fotos são melhor do que os meus videos de telelé!!
Concordo contigo quando ao Encore, deixou me de água na boca... principalmente quando dá uns acordes da música que me levaria aos céus !! e depois ficou-se por ali...
mas ele tem uma pica e um look !! Que eu amo!!!


Gostei de te ver :-) faltava te aparar algo lolol

beijos grds

John River disse...

Sortudos! Grande Nick!