31.3.08

Acho que depois de ter lutado contra a morte quando nasci – sim, que quando a minha mãezinha me deu à luz eu tinha o cordão umbilical enrolado no pescoço com três nós e vim ao mundo mais morto que outra coisa – mais nada, ou quase nada, me vai importunar. Pelo contrário, dá-me cada vez mais gozo lutar por aquilo que quero, por quem quero. Até o que parece impossível.
Posso ter milhares de obstáculos pela frente. Mas é como diz o meu pai: o que custa a conquistar dá mais prazer que o resto.
E Fernando Pessoa, que não é o meu pai, também escreveu uma coisa em que penso muitas vezes. Algo como isto (cito de memória): guardo todas as pedras que se atravessam no meu caminho; um dia vou construir um castelo.

Se quisesse dizer melhor não conseguiria. A minha vida é assim. Um monte de pedras que um dia vão transformar-se num bonito castelo. Por isso as vou recolhendo e guardando com carinho. Para que um dia possa olhar para trás e dizer que fiz tudo para merecer o que o presente me oferece de bom e esquecer o sofrimento por que passei para o conseguir. Com quem mais quero do meu lado.

3 comentários:

Maria Soledade disse...

Pedro:Para que consigas edificar o teu castelo de pedras juntas com sacrificio basta QUERERES. Porque o teu ENORME querer transformar-se-á amanhã naquilo que hoje te parece tão dificil de conseguir.
Uma das pedras que terás que contornar é o "dengue" :-)

O Pedro que eu conheço tem valor e merecimento mais do que suficiente para habitar esse castelo com a sua LINDA PRINCESA!

Vai à LUTA,mesmo a perda de uma batalha não significa que perdeste a guerra...

Beijinhos

Joana disse...

Hi Peter!

Bem como sabes nasci de 6 meses e meio e só não fui desta para melhor porque o sr. Jesus devia ter a sua agenda assim tão preenchida que nem um minutinho teve p/ me despachar! Como tal tens o direito de ignorar tudo aquilo que eu disser.
Hoje é um daqueles dias em que cada linha que tu escreveste vem de encontro àquilo que penso. E duvido que amanhã acorde e não ache o mesmo.
Porque vale SEMPRE a pena tentar.Porque o pior sentimento que pode existir é o arrependimento. Porque é SEMPRE preferível lamentares algo que fizeste do que aquilo que deixaste por fazer.
Digam o que disserem só merece a felicidade quem luta por ela.

E dito isto vou-me recolher a meus aposentos, que já se faz um pouco tarde..

Beijos da prima**

Anónimo disse...

Pedro, você é um dos homens que mais merece ter, não somente um castelo,mas tudo que um reino pode proporcionar para seu rei.....